Enfartando Tinhorão lyrics

Rating: 2.90
Song Details
Artist(s)Filarmônica de Pasárgada
Album(s)O hábito da força

"Eu vô bebê
Eu vô me embriagá
Eu vô fazê barulho
Pra polícia me pegá"

No botequim da esquina
No fundo do meu copo
No oco eu coloco
Cachaça e coca-cola

E tudo vai rodando
Eu saio serpentina
Da mão da colombina
Vou me enroscar na antena

Vou batucando

Tudo tudo o que me vem no ouvido
Mas eu não uso fantasia de bamba
Só porque o samba tá sapucaído
Ok, aceito o argumento

Mas a rapaziada quer voltar pra Lapa
Botar chapéu de palha e paletó de linho
Eu vou tirar meu bloco da avenida
Cansei de tocar surdo e gente endurecida

"Em 1958, quando um grupo desses moços da zona sul resolveu romper definitivamente com a herança do samba popular, para modificar o que lhe restava de original, ou seja, o próprio ritmo

O compositor Paulinho da Viola, originalmente ligado às camadas populares deformaria um samba do compositor do povo Nelson Cavaquinho ao gravá-lo com arranjo calcado em experiências do músico de jazz Miles Davis

A alienação voltou sob o império do rock

As camadas mais humildes continuavam a bater vigorosamente por todo o país os seus bombos no compasso tradicional do 2 4, à espera de sua vez na História, talvez no século XXI"

Ai, ai, ai Deixa as mágoas para trás ô rapaz Ai, ai, ai



All lyrics are property and copyright of their owners.